Gestão de estoque

  • por
Gestão de estoques

Tudo o que você precisa saber sobre gestão de estoque

Existem inúmeras maneiras de se dar um passo à frente para o sucesso de uma empresa, uma boa gestão de estoque é uma delas. Esse tipo de gestão é essencial para manter o bom funcionamento de uma organização e aumentar os seus lucros.

Antecipadamente, uma gestão de estoque eficiente permite que a empresa saiba a quantidade de produtos e, o valor do investimento que a empresa deve fazer em certo material para que consiga fazer todas as suas entregas corretamente e dentro do prazo. Dessa maneira evitando desperdício com materiais que não serão utilizados. Isso garante uma maior eficácia no cumprimento de prazos, no atendimento da demanda e na satisfação dos clientes.

Nesse sentido é preciso possuir uma estrutura consistente de controle para evitar imprevistos e problemas no abastecimento. O controle de estoque oferece uma maior eficiência e organização de alguns dos processos internos. Com efeito de facilitar a percepção de quais processos são mais utilizados e quais poderiam ser otimizados, a fim de reduzir os gargalos. Desse modo, há a diminuição de desperdícios, tanto de tempo e energia na hora de fazer gestão quanto de seus recursos financeiros.

O que é gestão de estoque?

Para respondermos essa pergunta, primeiro devemos ter em mente bem definido o que é estoque: De forma geral, ele representa a armazenagem dos materiais a serem comercializados por uma empresa.

Só para ilustrar, desde cada elemento utilizado para montar uma refeição em um estabelecimento alimentício, ou todos os produtos já produzidos por uma fábrica. Ou seja, dependendo do perfil da sua empresa, o estoque pode apresentar diferentes características e formas de administração e controle. Além disso a decisão de manter produtos armazenados pode ser determinante para as estratégias de vendas.

Em conclusão, a gestão do estoque consiste em saber controlar e organizar a quantidade de cada produto que estão armazenados em qualquer lugar da empresa. Com a finalidade de permitir que a empresa entenda sua demanda e necessidade dos produtos, que por sua vez irão determinar a necessidade de compras.

E como eu controlo meu estoque?

O controle de estoques envolve um estudo de previsão de demanda que resulta no registro, na fiscalização e no monitoramento de entradas e saídas. O estoque tem como objetivo gerar uma reserva de produtos. A fim de atender à demanda de consumidores, seja para manter a produção funcionando de forma contínua, ou até mesmo para garantir preços melhores.

Quais os tipos de estoque?

Existem vários tipos de estoque, e eles podem mudar de acordo com o período do ano, por exemplo: lojas de acessórios natalinos, possuem um maior estoque no final do ano, pois é o período de demanda e os produtos estão sempre saindo. Já restaurantes possuem um estoque mínimo, apenas de acordo com a previsão de pratos que os clientes mais pedem pois os seus produtos podem acabar estragando se ficarem estocados por muito tempo.

Qual importância da gestão de estoque?

É através da gestão de estoque que muitos donos e diretores da empresa se baseiam para tomadas de decisões importantes. O estoque envolve diversos setores da empresa pois além de organização e entrega de produtos no prazo, ele também vai afetar muito no valor do investimento gasto em várias ações na empresa. Por isso a gestão de estoque é uma das chaves para o sucesso das empresas, visto que procura garantir o estoque ideal para a atividade, ou seja, impedindo que haja excesso ou falta de estoques e assegurando que sempre que um cliente solicitar um produto, ele seja fornecido.

E se eu tiver o maior estoque possível, o tempo todo?

Calma! O excesso de produtos no estoque pode resultar em investimentos desnecessários em materiais que vão passar muito tempo guardado sem trazer resultados para a empresa gerando prejuízos.

E se eu tiver um estoque mínimo sempre?

Também não é bem assim. Ter sempre um estoque mínimo pode causar uma falta de estoque inesperada, por diversos fatores que fogem a previsão de demanda. Isso pode acarretar em uma falta dos produtos mais vendidos, e com isso a empresa sai perdendo todo o dinheiro que poderia ter lucrado com essas vendas, além da grande insatisfação dos consumidores que não poderão obter aquele produto e com isso a empresa passa a ser mal vista no mercado.

Como fazer uma gestão de estoques eficiente?

A gestão de estoque também ajuda na organização da empresa e na distribuição dos materiais, isso facilita na hora de procurar qualquer produto diminuindo o tempo necessário para localizá-lo, dessa maneira existem alguns elementos que devem ser levados em conta:

Registro

Os produtos devem sempre ser registrados, é de suma importância para o processo. isso pode ser feito com uma caneta em papel ou em uma tabela em Excel. Um software seria o mais indicado já que deixa o processo mais automatizado, no entanto o importante é que você tenha todo esse registro do que entra e do que sai da sua empresa. Por consequência acaba ajudando para identificar furtos, fraudes ou perda de produtos.

Categorização

Essa etapa vai ajudar tanto no registro quanto na organização dos produtos, é interessante criar alguns pontos de características para seus produtos na qual eles podem se diferenciar, só para exemplificar:

1. Marca;
2. Valor;
3. Cor;
4. Tamanho;
5. Peso;
6. Rotatividade;
7. Prioridade;
8. Vencimento
;

Organização

A organização do espaço físico é crítica para a gestão de estoque. Muitos fatores precisam ser identificados visualmente, especialmente quando o desenvolvimento de inventários se mostra necessário. Outra influência importante é na agilidade de localização e disponibilização de itens quando necessário.

Com a finalidade de manter a organização é interessante usar a metodologia “5S”, que é um programa de gestão de qualidade, que ajuda a reduzir o desperdício de tempo e recursos e visa o aperfeiçoamento de dos sensos de utilização, limpeza, organização, padronização e disciplina.

Previsão de demanda

O conceito de previsão de demanda refere-se ao processo de antecipar o nível futuro de procura por determinados produtos e/ou serviços de uma empresa. Isso pode ser feito com a ajuda do registro já feito de todos os produtos que saem ou entram da empresa. Uma boa previsão de demanda também pode trazer outros benefícios, como:

1. Planejar o orçamento da produção;
2. Gerenciamento e controle financeiro;
3. Formulação de estratégia de preços;
4. Estabelecimento de metas
;
5. Planejar atividades de marketing;
6.
Evitar a subprodução ou a superprodução;

Monitoramento do estoque

Acima de tudo empresa deve saber com exatidão a quantidade de estoque em qualquer ponto específico no tempo. Pois a gestão do estoque é algo que sempre deve estar acontecendo, já que a qualquer momento a demanda do mercado pode mudar, logo o monitoramento ajuda exatamente a saber se aconteceu algo fora do comum e conseguir tomar medidas antecipadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *