APR: Análise Preliminar de Riscos e a segurança na sua empresa

  • por

A Análise Preliminar de Riscos (APR) é essencial para toda empresa que se preocupa com as pautas de saúde e segurança. Prever riscos antes que ocorram é relevante para todos que estão envoltos na tarefa a ser feita. Dessa forma, a APR é um documento muito usado para identificar e prevenir acidentes de trabalho. Em especial, nas indústrias e na construção civil.

Em ações realizadas nas empresas, a APR é vital e por isso é importante conhecê-la. Pensando nisso, confere o post para saber mais sobre essa forma de análise.

O que é Análise Preliminar de Riscos?

A APR é um estudo gerado para mapear uma tarefa e definir todos os possíveis perigos ou riscos que circundam todas as suas etapas, como também todos os eventos que podem gerar um acidente. Além disso, classifica os riscos por sua severidade e busca conhecer os recursos cruciais para o controle deles. Como efeito da falta de controle, anulação ou redução, esses riscos podem afetar pessoas, meio ambiente, bens e até a imagem da empresa.

Essa análise precede o início da prática da tarefa, de maneira que ela possa antepor todas os possíveis casos. Sendo assim, é feito um documento com todas as medidas a se implantar e cumprir para agir contra esses fatores logo após definir os perigos e riscos.

Quem pode fazer uma APR?

Um técnico ou engenheiro de Segurança do Trabalho é quem deve assinar a Análise Preliminar de Riscos. Contudo, é de interesse que haja a presença de todas as pessoas ligadas na atuação da tarefa para compor a equipe que fará a análise.

Qual a importância da APR na segurança?

Para concluir, vale destacar o valor da Análise Preliminar de Riscos para a segurança na sua empresa. Além de descobrir e indicar os riscos, a APR também elabora técnicas para agir no controle, anulação e redução dele. Dessa forma, ela propicia padronizar as tarefas, educar as pessoas acerca da sua própria segurança, monitorar as medidas traçadas e antecipar os problemas. Assim sendo, atua na proteção e melhora a produção na sua empresa.

Se gostou, você também pode acessar o post sobre Tudo o que você precisa saber sobre análise de riscos para entender mais sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *